VISITANTES

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Quando...


Quando as folhas caírem,
e tu fores procurar
minha cruz no campo-santo,
hás de encontrá-la,
meu amor, num canto,
circundado de flores.
Colhe, então,
para os teus lindos cabelos,
cada flor que do peito meu florisse!
São versos que pensei sem escrevê-los,
São palavras de amor que não te disse...

Lorenzo Stechetti

Um comentário:

  1. ainda aqui ando, pois aqui fico presa , aqui me perco aqui me encontro.

    ResponderExcluir