VISITANTES

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Acaso


"Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa sós.
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso. "


Antoine de Saint-Exupéry

5 comentários:

  1. Acaso.....tem histórias incríveis...Por acaso sei algumas....Um dia contarei...
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Que bom foi lembrar este poema de Exupéry!
    Obrigada amiga Mara.

    Nada acontece por acaso, nada mesmo. Nem o encontro de duas pessoas, sejam elas quem forem.
    Hoje o meu dia foi muito longo e nada fácil, mas vim encontrá-la, para meu regalo.
    A empatia estabeleceu-se, existe, sinto-a desde o dia que li o poema da minha maior amiga e prima por afinidade, a Maria José Areal.

    Ela diria algo, mais ou menos, assim.

    Não marquei encontro contigo
    Junto à borda do mar.
    Mas encontrei-te num duna macia,
    Como uma onda de espuma
    E devagar, devagarinho
    Envolveste-me com um manto de doçura
    E levaste-me para outro espaço
    Onde é possível ouvir a noite falar.

    Extracto do poema Encontro in Pedaços de Mim
    Maria José Areal.

    Beijinho
    Boa Noite

    ResponderExcluir
  3. Ná querida, que lindo!
    Obrigada pelo belíssimo poema de sua amiga.
    Eu sou fã dessa poetisa.
    Beijo,
    Mara

    ResponderExcluir
  4. Sim, cada pessoa é única e deixa a sua marca.

    Beijo

    Olinda

    ResponderExcluir