VISITANTES

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Starry, Starry Night



Estrelada, Estrelada Noite

Estrelada, estrelada noite
Pinte sua paleta azul e verde
Olhe ao redor em um dia de sol
Com olhos que conhecem a escuridão na minha alma
Sombras nas colinas
Desenhe árvores e narcisos
Pegue a brisa e a friagem do inverno
Em cores da terra enevoada

Agora eu entendo
O que você tentou me dizer
E o quanto você sofreu por causa da sua sanidade
E como você tentou libertá-los
Eles não ouviriam
Não saberiam como
Talvez escutarão agora

Estrelada, estrelada noite
Flores flamejantes que resplandece brilhantemente
Nuvens rodopiando e nevoeiro violento
Refletem nos olhos de Vincent, olhos azuis de porcelana
Cores mudam a coloração
Campos matinais de grãos ambarino
Suportando rostos alinhados em dor
São acalmadas pelas mãos amorosas dos artistas.


4 comentários:

  1. Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!
    Adoro Van Gogh.. e, adoro esta música.
    Vou ter que plagiar.. pelo menos a ideia.. vou por em inglês - irrita-me até não me ter lembrado de incluir este post!!

    ResponderExcluir
  2. Pura emoção ! Um casamento perfeito.

    ResponderExcluir
  3. Post com muita tecnica e bom gosto...
    Que nais dizer....Adorei
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Querida Mara

    Ouvi esta música com estas lindíssimas palavras, com autêntica devoção.Um momento muito especial...Van Gogh usa e 'abusa' das cores, numa paleta maravilhosa!Adoro-o!

    Obrigada.

    Beijo

    Olinda

    ResponderExcluir